Diretoria, Conselhos e Comitês

Diretoria Executiva

A gestão da CSN e a condução geral de seus negócios são realizadas pela Diretoria Executiva, conforme as políticas e estratégias definidas pelo Conselho de Administração. A Diretoria Executiva se reúne sempre que convocada pelo Diretor Presidente ou por dois Diretores Executivos, ficando a cargo de cada Diretor Executivo a condução das operações pertinentes à sua área de atuação. O mandato dos Diretores Executivos é de dois anos, permitida a reeleição. A Diretoria Executiva é formada atualmente por cinco diretores executivos, sendo um o Diretor Presidente, são eles:

Benjamin Steinbruch

É integrante do Conselho de Administração desde 23 de abril de 1993, ocupando, desde 28 de abril de 1995, o cargo de Presidente do Conselho de Administração. Ocupa também o cargo de Diretor-Presidente da CSN desde 30 de abril de 2002. Desde 2017 é Presidente do Conselho de Administração do Jockey Club de São Paulo, Membro do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social desde 2014, Membro do Conselho Administrativo da Câmara Portuguesa, 1º Vice-Presidente da FIESP desde setembro de 2004, membro do Conselho Superior Estratégico da FIESP, Conselheiro do Instituto Robert Simonsen e membro do CCI - Conselho Consultivo Interinstitucional do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo. Nos últimos 5 anos, foi Presidente do Conselho de Administração e Diretor Presidente da Vicunha Siderurgia S.A. e Presidente do Conselho de Administração da Nacional Minérios S.A., Transnordestina Logística S.A. e FTL - Ferrovia Transnordestina Logística S.A. Atualmente é Vice-Presidente do Conselho de Administração da Textília S.A., Presidente do Conselho de Administração da Vicunha Aços S.A., Fibra Cia. Securitizadora de Créditos Imobiliários e Banco Fibra S.A., membro do Conselho de Administração da Elizabeth S.A. - Indústria Têxtil, Vicunha Participações S.A. e Vicunha Steel S.A., Diretor da Rio Purus Participações S.A. e da Rio Iaco Participações S.A. e da BH Holdings S.A. (antiga Ibis II Empreendimentos Ltda.). É administrador da Fazenda Alvorada de Bragança Agro-Pastoril Ltda., Ibis Agrária Ltda., Ibis Participações e Serviços Ltda. e Haras Phillipson Ltda. e ainda é Presidente do Conselho de Administração da Companhia Metalúrgica Prada e da CSN Mineração S.A. e Presidente do Conselho Deliberativo da Fundação CSN. Formado em Administração pela Escola de Administração de Empresas da Fundação Getúlio Vargas - SP, com pós-graduação em Marketing e Finanças pela Fundação Getúlio Vargas - SP.

David Moise Salama

Ocupa o cargo de Diretor Executivo da Companhia desde 02 de agosto de 2011, sendo atualmente responsável pelas áreas de seguros, crédito e patrimônio, cumulando as funções de Diretor Executivo de Relações com Investidores desde 30 de maio de 2016. Trabalha na CSN desde 2006, tendo exercido anteriormente a função de Diretor Executivo de Relações com Investidores. É Diretor da Minérios Nacional S.A. e da Estanho de Rondônia S.A., é membro do Conselho de Administração da Companhia Florestal do Brasil, CSN Mineração S.A., Sepetiba Tecon S.A., Itá Energética S.A., Lusosider - Aços Planos S.A. e da Lusosider - Productos Siderúrgicos S.A. e membro suplente do Conselho de Administração da Transnordestina Logística S.A. e da FTL - Ferrovia Transnordestina Logística S.A.. Também é membro do Conselho Deliberativo da Caixa Beneficente dos Empregados da Companhia Siderúrgica Nacional - CBS. Antes de ingressar na CSN, foi Diretor de Controladoria e Finanças da Tecnisa Engenharia e Comércio, Birmann Comércio e Empreendimentos e Goldfarb Comércio e Construções. Foi Chefe de Informações Financeiras Consolidadas da Unilever Brasil e Auditor Sênior da PWC. Graduado em Ciências Contábeis pela Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (FEA-USP) com MBA em Finanças pela FEA-USP. Complementou sua formação acadêmica com os cursos Oxford Advanced Management and Leadership Programme na Saïd Business School, da Universidade de Oxford, Inglaterra, e Program on Negotiation na Harvard Law School, da Universidade de Harvard, Estados Unidos.

Luis Fernando Barbosa Martinez

Ocupa o cargo de Diretor Executivo da Companhia desde 02 de agosto de 2011, sendo atualmente responsável pelas áreas comerciais e de logística dos segmentos de siderurgia, cimentos e vendas especiais. Trabalha na CSN desde 2002, tendo exercido anteriormente a função de Diretor Comercial. Também foi conselheiro da Nacional Minérios S.A. (incorporada pela CSN Mineração em 30/11/2015). É membro do Conselho de Administração da Associação Brasileira de Metalurgia, Materiais e Mineração - ABM. É Diretor da Estanho de Rondônia S.A., Mineração Nacional S.A., CSN Energia S.A. e Stahlwerk Thüringen GmbH, membro do Conselho de Administração da CSN Mineração S.A., Companhia Florestal do Brasil, Companhia Metalúrgica Prada, membro suplente do Conselho de Administração da Transnordestina Logística S.A. e da FTL - Ferrovia Transnordestina Logística S.A. e Presidente do Conselho de Administração da MRS Logística S.A. Também é membro do Conselho Deliberativo da Caixa Beneficente dos Empregados da Companhia Siderúrgica Nacional - CBS. Desde 2017 atua como membro da Diretoria da Câmara de Comércio e Indústria Brasil - Alemanha. Antes de ingressar na CSN, foi Diretor Comercial da Alcan Alumínio do Brasil S.A., companhia onde atuou durante 14 anos em áreas de processos, qualidade, desenvolvimento de produtos/mercados e comercial. Ocupou cargos de Diretor Executivo do CBCA - Centro Brasileiro de Construção em Aço e ABCEM - Associação Brasileira de Construção Metálica e foi Presidente da Associação Brasileira de Embalagem de Aço - ABEAÇO. É graduado em Engenharia Metalúrgica pelo IMT - Instituto Mauá de Tecnologia, pós-graduado em Administração Industrial pela Escola de Engenharia de Produção da Universidade de São Paulo e formado no Corporate Management Development Program pela Alcan Aluminum Limited, Montreal, Canadá.

Pedro Gutemberg Quariguasi Netto

Ocupa o cargo de Diretor Executivo da Companhia desde 11 de maio de 2016, sendo responsável pela área de negócios estratégicos. Nos últimos anos, ele atuou como CEO da Vale Moçambique e como Diretor Global de Carvão da Vale S.A. em Moçambique e na Austrália, respectivamente, no período de março de 2014 a abril de 2016 e como Sócio e Diretor Comercial e Marketing na B&A Mineração, no período de maio de 2012 a setembro de 2013. É membro do Conselho de Administração da MRS Logística S.A. É graduado em Engenharia Metalúrgica pela Universidade Federal Fluminense, mestre em Engenharia Metalúrgica pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, doutor em Engenharia Metalúrgica pela McGill University em Montreal - Canadá, e possui Especialização em Finanças, Estratégia Corporativa e Microeconomia pela McKinsey & Company.

Marcelo Cunha Ribeiro

Ocupa o cargo de Diretor Executivo da Companhia desde 29 de setembro de 2017, sendo responsável pelas áreas de tesouraria, controladoria, tributária e de contabilidade. Antes de ingressar na CSN foi CFO do Grupo St. Marche, Vice-Presidente de Finanças e de Relações com Investidores da Restoque Comércio e Confecções de Roupas S.A., CFO do Grupo SBF (GP Investimentos Ltd), Managing Director na área de Private Equity da GP Investimentos Ltd e CFO da San Antonio International Ltd. Também foi membro do Conselho de Administração do Hopi Hari S.A., Telemar Norte Leste S.A. (Oi S.A.), Contax Participações S.A., Estácio Participações S.A., Magnesita Refratários S.A., BR Towers SPE1 S.A.. É bacharel em Engenharia de Produção pela Universidade de São Paulo e possui MBA pela Harvard Business School.

Conselho de Administração

O Conselho de Administração é composto por até onze membros, que se reúnem ordinariamente nas datas previstas no calendário anual por ele aprovado e, extraordinariamente, sempre que necessário. O mandato dos Conselheiros é de um ano, com possibilidade de reeleição. Atualmente o Conselho de Administração é composto por seis membros. O Conselho de Administração deve, entre outras atribuições, definir e acompanhar as políticas e estratégias da Companhia, acompanhar os atos da Diretoria Executiva e decidir sobre assuntos relevantes envolvendo os negócios e operações da CSN. É responsável pela eleição e destituição dos membros da Diretoria Executiva, podendo também, se necessário, criar comitês especiais para seu assessoramento.

A CSN possui 7 conselheiros em seu Conselho da Administração, são eles:

José Eduardo de Lacerda Soares

Desde março de 2014 é integrante dos Conselhos de Administração das empresas Vicunha Têxtil S.A., Elisabeth S.A. - Indústria Têxtil, Vicunha Participações S.A., Vicunha Steel S.A.. É também sócio-diretor da Arsenal Investimentos desde 2002, tendo sido responsável pela criação da área de finanças corporativas da empresa e pelos investimentos do fundo de Private Equity da mesma no Brasil (ALL, Coteminas, Dixie Toga, Globex, Método Engenharia, Rossi e TAM). Foi membro do conselho de administração da TAM, Método Engenharia e Cromex S.A., chefe de execução da área de banco de investimentos do Banco Credit Suisse First Boston Garantia, tendo ainda trabalho nos bancos BNP Paribas e JP Morgan. É bacharel em administração de empresas pela Fundação Getulio Vargas e possui pós graduação em administração e finanças pela The Wharton School - University of Pennsylvania.

Benjamin Steinbruch

É integrante do Conselho de Administração desde 23 de abril de 1993, ocupando, desde 28 de abril de 1995, o cargo de Presidente do Conselho de Administração. Ocupa também o cargo de Diretor-Presidente da CSN desde 30 de abril de 2002. Desde 2017 é Presidente do Conselho de Administração do Jockey Club de São Paulo, Membro do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social desde 2014, Membro do Conselho Administrativo da Câmara Portuguesa, 1º Vice-Presidente da FIESP desde setembro de 2004, membro do Conselho Superior Estratégico da FIESP, Conselheiro do Instituto Robert Simonsen e membro do CCI - Conselho Consultivo Interinstitucional do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo. Nos últimos 5 anos, foi Presidente do Conselho de Administração e Diretor Presidente da Vicunha Siderurgia S.A. e Presidente do Conselho de Administração da Nacional Minérios S.A., Transnordestina Logística S.A. e FTL - Ferrovia Transnordestina Logística S.A. Atualmente é Vice-Presidente do Conselho de Administração da Textília S.A., Presidente do Conselho de Administração da Vicunha Aços S.A., Fibra Cia. Securitizadora de Créditos Imobiliários e Banco Fibra S.A., membro do Conselho de Administração da Elizabeth S.A. - Indústria Têxtil, Vicunha Participações S.A. e Vicunha Steel S.A., Diretor da Rio Purus Participações S.A. e da Rio Iaco Participações S.A. e da BH Holdings S.A. (antiga Ibis II Empreendimentos Ltda. É administrador da Fazenda Alvorada de Bragança Agro-Pastoril Ltda., Ibis Agrária Ltda., Ibis Participações e Serviços Ltda. e Haras Phillipson Ltda. (todas essas sociedades fazem parte do grupo controlador da CSN), ainda é Presidente do Conselho de Administração da Companhia Metalúrgica Prada e da CSN Mineração S.A. (ambas controladas pela CSN) e Presidente do Conselho Deliberativo da Fundação CSN. Formado em Administração pela Escola de Administração de Empresas da Fundação Getúlio Vargas - SP, com pós-graduação em Marketing e Finanças pela Fundação Getúlio Vargas - SP.

Fernando Perrone

É integrante do Conselho de Administração da Companhia desde 26 de setembro de 2002 e membro do Comitê de Auditoria desde 24 de junho de 2005. Foi Diretor Executivo de Infraestrutura e Energia da Companhia de 10 de julho a 02 de outubro de 2002. É Presidente do Conselho de Administração da Profarma - Distribuidora de Fármacos S.A., membro do Conselho de Administração da João Fortes Engenharia S.A., Energia Sustentável S.A. e da FTL - Ferrovia Transnordestina Logística S.A. (controlada pela CSN) e membro suplente do Conselho de Administração da Transnordestina Logística S.A. (controlada em conjunto pela CSN). Também atua como consultor independente na área de infraestrutura. Formado em Administração, em curso patrocinado pela "Chimica" Bayer S.A., em Direito pela Universidade Federal Fluminense e pós-graduado em economia na área de Mercado de Capitais pela Fundação Getúlio Vargas.

Yoshiaki Nakano

É integrante do Conselho de Administração da Companhia desde 29 de abril de 2004 e membro do Comitê de Auditoria desde 24 de junho de 2005. Atua também como membro do Conselho de Administração da Transnordestina Logística S.A. (controlada em conjunto pela CSN) e, nos últimos 5 anos, foiatuou como professor de Economia da Fundação Getúlio Vargas e Diretor da Escola de Economia da Fundação Getúlio Vargas de São Paulo, membro do Conselho Superior de Economia (COSEC) da FIESP/IRS e integrou o Conselho de Administração da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - FAPESP até 2015. Anteriormente, foi Secretário especial de Assuntos Econômicos do Ministério da Fazenda e Secretário da Fazenda do Estado de São Paulo. Formado em Administração de Empresas pela Fundação Getúlio Vargas e com Mestrado e Doutorado na Universidade de Cornell, nos Estados Unidos.

Antonio Bernardo Vieira Maia

É integrante do Conselho de Administração da Companhia desde 30 de abril de 2013, do Comitê de Auditoria desde 08 de agosto de 2013, ocupando a função de Presidente do Comitê de Auditoria desde 06 de maio de 2014. Também integrou o Comitê Financeiro de 07 de outubro de 2014 até 31 de dezembro de 2016. É Diretor Presidente da BRG Capital Ltda. desde julho de 2005 e membro do Conselho de Administração da Transnordestina Logística S.A. (controlada em conjunto pela CSN), da FTL - Ferrovia Transnordestina Logística S.A. e da CSN Mineração S.A. (controladas pela CSN). Anteriormente, foi diretor do Credit Suisse / Banco Garantia de Investimentos S.A. de abril de 1995 a maio de 2005. Iniciou a carreira no Citibank Brasil como estagiário em 1982 e mudou-se para o Citibank de Nova York em 1986, onde atuou como Analista de investimentos Institucionais do Citigroup para a América Latina, até tornar-se Diretor do Citibank de Nova York. Foi associado do Banco Bozano Simonsen de Investimentos no período de agosto de 1979 a dezembro de 1981 e membro do Conselho do Banque Bénédict Hentsch & Cie SA, Geneva, Switzerland de abril a dezembro de 2006. Formado em 1981 em Negócios e Administração Pública pela Fundação Getúlio Vargas.

Léo Steinbruch

É integrante do conselho de administração da Companhia desde 28 de abril de 2015, tendo sido eleito vice-presidente do conselho de administração em 11 de maio de 2016, e membro do Conselho de Administração das empresas Elizabeth S.A. Indústria Têxtil, Vicunha Aços S.A., Vicunha Participações S.A., Vicunha Steel S.A. e Textília S.A. Atua também como Diretor da CFL Participações S.A. e da Taquari Participações S.A. e é administrador da Fazenda Santa Otília Agropecuária Ltda. (todas essas sociedades fazem parte do grupo controlador da CSN).

Fabiam Franklin

É integrante do Conselho de Administração da Companhia desde 28 de abril de 2016. Ocupa o cargo de Presidente do Conselho Consultivo do CSN Invest Fundo de Investimento em Ações desde 4 de abril de 2016, é membro do Conselho de Administração da ABM (Associação Brasileira de Metalurgia, Materiais e Mineração) desde abril de 2015, coordena o Programa de Educação Financeira da CSN desde 2008, e atua como Gerente Geral de Altos Fornos da Companhia desde novembro de 2002. Formado em Engenharia Metalúrgica pela Universidade Federal Fluminense, com especialização em Metalurgia de Redução pela MC Master University em Ontário, Canadá e pós-graduação (MBA) pela Fundação Dom Cabral. e atualmente cursa mestrado profissional em Economia no IBMEC.

Comitê de Auditoria

O Comitê de Auditoria tem autonomia para a tomada de decisões no que se refere às disposições da Lei Sarbanes-Oxley - Seções 301 e 407. Algumas de suas atribuições principais são: avaliar, considerar e recomendar ao Conselho de Administração a indicação, remuneração e contratação de auditor externo, bem como acompanhar a atuação das auditorias interna e externa. Com relação à contratação de auditores externos, são adotados procedimentos visando assegurar que não ocorram conflitos de interesse, dependência ou perda de objetividade do auditor no seu relacionamento com a Companhia.