Mudanças Climáticas

Emissões

A CSN realiza anualmente o inventário das emissões de gases de efeito estufa (GEE) seguindo as diretrizes do Greenhouse GasGHG Protocol, visando subsidiar o desenvolvimento de uma estratégia de gestão de carbono, mitigação de riscos e de adaptação às mudanças climáticas. A elaboração do inventário de emissões de GEE tem como principais objetivos:

  • O desenvolvimento da gestão estratégica de mudanças climáticas na CSN;
  • A participação em programas de registro de emissões de GEE, o atendimento à legislação nacional e às estaduais;
  • A divulgação das emissões para prestação de contas e transparência com acionistas e públicos estratégicos;
  • O gerenciamento e controle dos riscos e oportunidades em relação às emissões;
  • A identificação de redução de custos a partir de iniciativas de reduções de GEE;

A coleta de dados e análise individual de cada Unidade permite a definição de indicadores de performance, que estão diretamente relacionados aos custos operacionais, uma vez que as emissões estão ligadas à eficiência produtiva.

Por atuar de forma integrada, a CSN mantém significativos ganhos de eficiência produtivos, que resultam em menores emissões de carbono, entre eles:

  • A interligação entre mineração-porto-indústria via malha ferroviária, minimizando as emissões decorrentes da logística rodoviária;
  • Fabricação de cimentos com a utilização da escória de alto-forno, coproduto do próprio processo siderúrgico, reduzindo o uso de clínquer e, consequentemente, as emissões de GEE;
  • Matriz energética diversificada considerando a participação em duas usinas hidrelétricas;
  • Reutilização de gases siderúrgicos para a cogeração de energia elétrica por meio da Central Termoelétrica e Turbina de Topo (TRT), na Usina Presidente Vargas, localizada em Volta Redonda (RJ);
  • A metodologia utilizada para a elaboração do inventário de emissões segue as principais normas regulamentadoras do assunto, tendo como referência:
  • Norma Brasileira Regulamentadora – NBR ISO 14064.1;
  • GHG Protocol Corporate Standard (Revised Edition);
  • Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC);
  • Requisitos regulatórios – Legislações vigentes pertinentes.
GHG

O processo de elaboração do inventário de Gases de Efeito Estufa (GEE) envolve uma equipe multidisciplinar e a participação de mais de 80 pessoas das 15 unidades nas quais são calculadas as emissões.

A publicação do inventário de emissões visa demonstrar a transparência da Companhia quanto aos desafios que as mudanças climáticas globais exigem. Pelo quinto ano consecutivo, a CSN recebeu o selo Ouro do GHG Protocol por ter reportado as emissões de todas as suas unidades e essas terem sido submetidas à verificação externa por organismos de terceira parte.

 

Mais informações: https://www.ghgprotocolbrasil.com.br/

CDP

Atendendo à solicitação de investidores, a Companhia relata anualmente, desde 2010, ao Carbon Disclosure Project (CDP) as diretrizes seguidas com relação à mudança climática, Supply Cchain e Recursos Hídricos.

 

Mais informações: https://www.cdp.net